Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

QUANTO MAIS QUENTE MELHOR

QUANTO MAIS QUENTE MELHOR

NUNCA POR CALADOS NOS CONHEÇAM

Almoço convívio da Companhia de Cavaria 1510

 

 

 

Foi no Domingo passado, dia três de Junho, que passei, não pela rua onde mora a Mariquinhas como cantaria a Amália, mas pela formosa vila acastelada de Montemor-o-Velho. Tudo, porque foi lá que se realizou o almoço convívio da Companhia de Cavalaria 1510, que tive a honra de comandar em Moçambique, de 1966 a1968.
Foram dois anos difíceis, com demasiados acontecimentos trágicos, mas que ficaram gravados na memória de todos. E, como é nos tempos difíceis que as pessoas se tornam mais solidárias, criaram-se entre os cerca de cento e cinquenta antigos militares da 1510, laços de amizade que perduraram até hoje e perdurarão até que o último deles deixe o mundo dos vivos. Ou talvez mesmo depois disso, já que a mística que se criou à roda dessa comissão militar em terras moçambicanas está a ser transmitida a filhos e netos…
 

 

Assim, todos os anos se procura reunir o máximo possível de ex-combatentes e suas famílias para recordarem tempos idos em que se era jovem e sonhador, a despeito da distância à terra Natal, de separação das famílias e dos perigos que se corriam.
Neste ano compareceram quarenta e oito elementos da Companhia, acompanhados por setenta e dois familiares. Durante o almoço, servido num restaurante local, para lá das conversas evocativas, foram exibidas num computador perto de duas centenas de fotos coloridas e a preto e branco nas quais se puderam ver imagens de pessoas e localidades de todos conhecidas mas que ninguém se cansa de recordar.
Parabéns aos organizadores.